sexta-feira, 25 de abril de 2014

Você conhece a minha voz? Ela continua a mesma, mas os meus cabelos...

Meu cabelo sempre foi fino e pouco. É uma característica genética das mulheres da família da minha mãe (uma pena!).

Posso dizer que durante toda a vida, convivi bem com ele. Na gravidez, ele ganhou em volume e crescimento - o que foi uma maravilha. Mas como é ondulado, resolvi aderir às escovas progressivas....ah, se eu soubesse! Depois disso, ele murchou por completo. E mesmo anos sem fazer este tipo de química, ele não voltou a ser o mesmo. Então, com o objetivo de renovar os fios e mudar o visual, resolvi cortar ele bem curtinho (há cerca de dois anos).

Fiquei assim
 
No início, curti a mudança. Achei moderno, divertido e bonitinho. O problema foi quando ele começou a crescer.

O que via eram fios desajeitados, esfarelados e cada vez mais ralos (como nessa foto).

Daí em diante, o crescimento dele praticamente parou. Não cresce os famosos 1 a 2 cm mensais e isso é desesperador!

Minha auto estima estava reclamando e resolvi ouvir meu coração. Então, fazer alongamento pareceu uma solução muito boa. Pesquisei as opções, fiquei na dúvida que todas ficam referente a estragar, etc. mas resolvi que valeria a pena.



Em Outubro, comprei o cabelo - que precisa também ser numa loja séria. É cabelo humano (não é sintético), um fio fino muito parecido com o meu e no mesmo tom. Foi um achado! E me custou o preço (alto) de ser assim. Cerca de 100gr foi o suficiente para a cobertura completa (sempre recomendam 200gr, mas não queria aquele aspecto artificial e super cheio, que não combinam comigo).

Fui no salão recomendado e me surpreendi com a quantidade de pessoas que usa alongamento. Fui tensa, cheguei no horário combinado e vi o quanto a colocação é demorada - dura cerca de 5h.

A manutenção, para preservar os fios, deve ser feita de 02 em 02 meses - momento em que é preciso comprar mais cabelo para preencher.

O que posso dizer é que saí de lá me sentindo eu há alguns anos. Só que mais. Mais bonita e mais segura.



Os olhares na rua também mudaram completamente! Acho que é a energia de satisfação que contagia...

O que posso dizer é que auto estima não tem preço!!!!!!!! Para todas as outras coisas, existe cartão de crédito! (afinal o cabelo é caro, a colocação e a manutenção também e deve ser feita de 2 em 2 meses).
Beijos e vamos ser feliz!!!!

Obs.  Não tenho fotos do antes e depois no dia da colocação. Essas são aleatórioas. 
Atualmente estou fazendo um tratamento com dermatologista, para estimular o crescimento e o fortalecimento dos fios. E, assim que estiver um pouco maior, pretendo parar de fazer o alongamento.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Óbvio!

- Mamãe, você sabe quanto é 25-12?
- Eu sei. E você?
- É óvio que é 13!
- Se fala óbvio, amor. Com b.
- É óvio que é com b!

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A Surpresa

Era dia 12 de Junho e seu coração estava em festa. Apaixonada, ela criou uma atmosfera de  romantismo com o intuito de ter um dia dos namorados inesquecível. Reservou um dos melhores restaurantes da cidade com quase um mês de antecedência. Comprou presentes  e cartões para fazer surpresas durante todo o dia.
Ele morava em outra cidade. Ela foi recebê-lo no aeroporto linda e perfumada, quando percebeu que aquela data talvez não tivesse a mesma importância para ele.
Ao chegarem em casa, ela começou com as surpresas. Fez ele encontrar uma almofada do time do seu coração. Ele adorou e disse que daria o presente dela à noite, deixando ela ver que tinha uma caixa de jóia guardada na mala.
Eles faziam planos de morar juntos e romântica que é, ela pensou se seria uma aliança de noivado. Ficou na expectativa.
Trocaram beijinhos e carinhos e ela resolveu dar a 2ª surpresa: uma corrente de ouro com um crucifixo, que ele demonstrou amar, quando tornou a dizer que o presente dele era uma surpresa para a noite. A expectativa dela cresceu. Seria o pedido de casamento?
O dia foi passando e antes de se arrumarem para o jantar no restaurante chiquérrimo, ela deu o 3º e último mimo: uma caneca com a foto dos dois.
Os dois se arrumaram e ao entrarem no carro, ele resolveu dar a caixa de jóia para acabar com a expectativa. Com o coração aos pulos ela abriu a caixa e seu semblante mudou. Encontrou um bilhete e uma corrente curta. Não era um anel, mas era um gesto bonito e tinha uma chave - que podia representar a abertura do seu coração... Ela olhou bem e chegou a pensar que tinha algo de errado com a corrente, quando percebeu que na verdade era uma tornozeleira. Isso mesmo! Tanta expectativa para um TORNOZELEIRA!?
Canceriana que é, não conseguiu esconder a frustração e lágrimas começaram a escorrer do seu rosto. Ela tentou desfarçar, mas elas não paravam de brotar...O que uma tornozeleira representa? Nada!
O silêncio reinou no carro e ao chegarem no restaurante, viram que seus nomes não constavam na lista. A varanda linda e romântica com vista para a Baía de todos os Santos (que foi reservada com tanta antecedência) não seria aproveitada. Na verdade, com muita boa vontade lhe conseguiriam uma mesa no fundo do restaurante e para piorar a situação, o constrangimento tomou conta da mesa. Ela tentava conversar e rir, mas as lágrimas não paravam de descer. A comida também não era nenhum manjá dos Deuses e a conta deu quase quinhentos reais (No ano de 2010. Mas ainda bem que essa parte não lhe coube. Já bastava a frustração!).
E assim acabou aquele fatídico dia dos namorados. Ela com o rosto inchado, que insistia em derramar lágrimas até a volta para casa. Ele desconsertado. Ambos fingindo que nada havia acontecido.

Nota importante para o homens: Jamais, em tempo algum, dê uma caixa de jóias quando há a expectativa de um compromisso maior.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Saudade


Não, eu não me arrependi de nada
Vida voa e o tempo é outro já
Você mudou e eu também
Tô aqui só pra saber que existe saudade
Ainda bem!


Roberta Sá

Realmente não me arrependo de nada! Todas as minhas escolhas me fizeram ser quem eu sou e por este motivo sou muito grata a todos que passaram pela minha vida, promovendo crescimento e aprendizado.

Estou na vibe da gratidão.

Bj grande!

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Um lar aconchegante

Canceriano que é canceriano precisa de um lar aconchegante e agradável para viver. Um local onde possamos receber família e amigos, beber um bom vinho, organizar nossos livros e assistir TV rodeados de fotos e lembranças.
Depois que vim para Recife, comprar os móveis e compor os ambientes foi um enorme prazer e vou compartilhar alguns dos meu cantinhos aqui, que foram "decorados" com muito carinho e com a grana que foi possível.


Me apaixonei à 1ª vista por esta luminária que encontrei na Feneart (Feira de Artesanato Internacional que aconteceu este mês aqui no centro de convenções). Quem faz é um artesão de BH e ela combinou perfeitamente com os quadrinhos  da Tok&Stok) e almofadas (da Etna) que já havia comprado.


Para o banheiro, como não podia instalar um armário fixo (pq o apto é alugado), me arranjei com este armariozinho da Tok&Stok e anexei rodinhas para facilitar a limpeza e a conservação do mesmo.

Velas e fotos não podiam faltar num espaço que pedia uma mesinha


E encontrei essa adeguinha rústica, que é vendida na Casa da Cultura num trabalho de ressocialização de presidiários e comporta a quantidade certa de vinhos (para quem não bebe com tanta frequência, mas está aprendendo a apreciar).

Gostou? Eu estou curtindo tanto, que se deixar nem saio mais de casa!!!

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Seja educado

Este ano, conheci o carnaval Pernambucano. Esperava algo bem diferente de Salvador e estava curtindo a diversidade, o frevo e a irreverência enquanto esperava minha vez na fila do churrasquinho, quando alguém percebe as fitinhas do Bonfim amarradas na minha camisa do camarote:
- Você é Baiana?
- Sou.
- O que está fazendo no carnaval de Pernambuco? 
- Vim conhecer.
- Mas está a trabalho, não é?
- Estou, mas estava disposta a conhecer o carnaval daqui este ano, independente disso.
- O que está achando do maior bloco do mundo? (Referindo-se ao Galo da Madrugada)
- ...Legal!
Depois de várias perguntas inconveniente e agressivas, ele continua:
- Não é melhor que o da Bahia? Aqui é democrático!
- Olha, seja educado que estou sendo educada. Eu não preciso maximizar o meu para diminuir o seu. São dois carnavais diferentes, com suas qualidades e defeitos.
Quando percebi que os churrascos estavam queimando, solicitei o meu ao vendedor. Ele não se dá por vencido:
- Olha moço, é melhor você dar o dela, antes que ela faça uma macumba para tú.
O vendedor com toda a simplicidade e inocência, deu a resposta mais inteligente daquele momento de grosserias gratuitas:
- Ela é Baiana, não é macumbeira!

terça-feira, 23 de abril de 2013

Ano novo, vida nova, casa nova

Olá! Que saudades disso aqui...
Muitas coisas aconteceram e nessa nova fase, mudei de vida. Agora moro em Recife, estou fazendo novos amigos, numa nova casa - que montei cada cantinho com muito carinho e me adaptando bem em meio a tantas novidades.
Estou voltando e com novas estórias para contar, felizmente!

Bjão.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

O estilo retrô dela

Este final de semana fui para a cidade maravilhosa curtir seus cantos e encantos. 
Estive no Rio algumas vezes mas dessa, meu coração bateu mais forte e voltei com um ar saudoso e vontade de morar lá. A cidade continua linda, organizada, limpa, alegre, praiana e a programação foi super intensa! Fui com as amigas à Cobal do Humaitá, Lapa, Copacabana, Show da Blitz no Circo Voador, Arpoador, feira de artesanato de Ipanema e no Leblon.
Mas...o ponto forte foi a  receptividade da nossa cicerone Taís Quadros, que nos abrigou na sua casa super charmosa e fez questão de nos proporcionar momentos bastante agradáveis. E o seu apartamento? É tão cheio de personalidade com seu estilo retrô, que pedi sua permissão para dividir aqui alguns cantinhos.
 

 "Retrô" pode ser usado para designar simplesmente "old fashioned", funcionando como eterno ou clássico.
 
Hoje em dia é muitas vezes usado num sentido positivo, referindo-se aos produtos ou atrativos peculiares que não estão mais disponíveis.


Sabia que o amor por objetos retrô é chamado retrofilia?

 
 Eu não sabia, mas amei.


E você, gostou?
 
P.S. Sara e Jana, obrigada pelos bons momentos e pela amizade de vocês.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Preocupações Infantis

Amor, como mamãe tinha conversado com você, a gente vai realmente morar naquela outra cidade. Novos amiguinhos, escola maior, etc e tal. Acho que vai ser bem legal, não é?
 - Depende.
- Depende do quê?
- Tem praia?
- Tem.
- Tem Shopping?
- Tem.
- E Mc Donad, tem?
- Tem também.
- Agora sim, acho que vai ser legal!

sábado, 15 de setembro de 2012

Transformação

 
Oie. Vim aqui para dizer que estou viva. Meio sem fôlego, bem verdade e sem muito a dizer. Vivo uma grande metamorfose mas, acredito que a vida sempre trabalha em prol do bem e nada acontece por acaso. Por este motivo, espero que meu casulo se transforme em breve, numa linda borboleta..
 
Bjs

terça-feira, 28 de agosto de 2012

A carne

- Cacá, o que você comeu hoje no almoço?
- Feijão e arroz. Só joguei a carne fora.
- Porquê não colocou no cantinho como mamãe ensinou?
- Ah, vovó...Porque toda vez que faço isso ela cai no prato e se afoga.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

My Top 3


Dando uma olhada no Mulher de 30, encontrei essa tirinha que me fez rir sozinha ao pensar em outras profissões que podem fazer a paquera não engatar. Ri também por perceber que toda mulher é um pouco parecida e assim com eu, algumas devem ter sua listinha particular do que faria desistir de imediato daquele gato incrível (depois de dar uns beijinhos, claro!).

Lógico que toda regra tem exceção, mas na minha lista três profissões encabeçam a certeza de fracasso por motivos óbvios para alguém que gosta de carinho, atenção e paz de espírito: Instrutor de academia, Músico e Professor Universitário.

Só espero não ter que retornar aqui e humildemente dizer que estou casando com alguém que pertence ao meu Top 3...rs

Bj grande.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Se tu viesses ver-me

Se tu viesses ver-me hoje à tardinha,
A essa hora dos mágicos cansaços,
Quando a noite de manso se avizinha,
E me prendesses toda nos teus braços...

Quando me lembra: esse sabor que tinha
A tua boca... o eco dos teus passos...
O teu riso de fonte... os teus abraços...
Os teus beijos... a tua mão na minha...

Se tu viesses quando, linda e louca,
Traça as linhas dulcíssimas dum beijo
E é de seda vermelha e canta e ri

E é como um cravo ao sol a minha boca...
Quando os olhos se me cerram de desejo...
E os meus braços se estendem para ti...


Florbela Espanca

terça-feira, 10 de julho de 2012

Onde estão as rédeas?


Muita coisa aconteceu neste último mês e mudança é o nome de ordem. Mudança física, mudança de modelos mentais e mudança de querências.
Era tão simples tudo o que desejava até então: viver em paz, com saúde, continuar trabalhando aonde estou, educando e amando meu filho, perto dos meus amigos  e família e administrando a expectativa de receber meu apartamento para então, ter as rédeas da minha vida. Há! Um amor que vivesse na mesma cidade seria a cereja do bolo. Tudo programado, tudo correndo bem, até que...
...sinto que perdi as rédeas da minha vida. O cavalo passou alado, me fez montá-lo, está correndo e eu não sei como pará-lo. Loucura? Sim. Loucura, loucura.
De uma hora para outra o coração resolveu bater mais forte. Mas, imagina?! Por alguém que morará em outro país. Isso, outro P-A-Í-S!  (E eu inocente, querendo alguém que more de preferência no mesmo bairro).
O cenário profissional virou do avesso e talvez eu precise sair de Salvador, gerando assim uma mudança no cenário pessoal. Dessa forma, não sei se morarei no apartamento tão sonhado e conseguirei manter os planos iniciais.
Mudanças de ordem prática? São meros detalhes!
Diante de tantas perspectivas diferentes, tudo o que eu queria era que as coisas ficassem em seus devidos lugares. Exatamente como estavam até pouco tempo. Mas como sempre acreditei em destino, quero acreditar que aconteça o que acontecer, será para o melhor. Sempre! 

sexta-feira, 15 de junho de 2012

"Que é isso novinha, que é isso?"

Imagem tirado do www.mulher30.com.br

Por causa de uma foto estranha, fui olhar a página de uma conhecida no facebook e fiquei totalmente penalizada. A imagem era do ex-noivo - na mesma semana em que terminou o romance de 3 anos por telefone - beijando uma outra garota e fazendo coraçãozinho para a câmera. Patético? Sem comentários...
Mas o pior de tudo, foi que a tal conhecida (que é linda, nova  e cheia de vida) postou a foto dos dois dizendo que agora entendia o motivo do término, pedia para que ele parasse de atormentá-la e que fosse feliz. Consegue imaginar a quantidade de mulheres compadecidas apareceram para prestar apoio? Acho que não.
Mas fico me perguntando o que faz alguém se expor tanto numa rede social.  A falta de maturidade? Querer expor o outro ao ridículo (e acontecer o inverso)? Ou a pouca idade mesmo? 
"Que é isso novinha, que é isso?" Se cuida e sofre com um pouco dignidade.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Desexpectativar

"Melhor viver, meu bem, pois há um lugar em que o sol brilha pra você. Chorar, sorrir também e depois dançar, na chuva quando a chuva vem."
  

Gerar expectativa é o que nos estraga...Porque a gente fantasia tanto, idealiza tanto, se a vida pode ser bem mais simples?
Essa semana, por diversas circunstâncias, não criei qualquer expectativa a respeito de nada e tal qual minha surpresa!?! Fui surpreendida por uma semana bacana marcada por reencontros, carinhos e presentes. Preciso dizer que estou adorando tudo isso?


sexta-feira, 8 de junho de 2012

Vamos à Dino

- Mamãe, vamos para a Dino?
- Para onde, amor?

- Para a Dino onde tem o Mickey, o Pateta, a Minie...

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Presente

No mês do meu aniversário, sempre faço restropectiva e lembro de mil coisas que me transformaram em quem eu sou. E por coincidência, ontem fui presenteada com uma foto de 1986 na fase que chamo de "Aurora da minha vida" e que tenho poucos registros.
Não precisa dizer que foi uma grata surpresa e que eu AMEI, né?
Bjs

Obs. Eu sou a de rosa.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

O ruivo inteligente

Há anos atrás, me bati com um ruivo cheio de sardinhas, cantor de banda e amigo de um amigo meu...
Eu estava a passar muito mal no meio de um bar bem underground que fica no beco da boate gay mais famosa de Salvador. Não, o público do bar que eu estava não era gay. Era bem alternativo e eu já não entendia porque fui parar ali, quando estava no banheiro ouvindo uma música que não compreendia, vendo passar um povo esquisito (de forrozeiro a roqueiro) e ouvindo minha amiga se acabar de rir porque era a 1ª vez que ela me via passar mal daquele jeito. E eu chamava Raul com todas as minhas forças por causa da mistura de UMA long neck com UMA porradinha. Acredite.
Foi nesse cenário de caos, com tudo rodando, maquiagem borrada e extramente enjoada que o ruivo veio se apresentar todo empolgado. Meu Deus, eu só queria a minha cama, mas antes de sair correndo para ela, ele pediu meu telefone. Não dei, claro! Mas dei o msn...rs
Papo vai e papo vem, percebi que ele era inteligente acima da média. Era até chato tentar conversar. Ele sabia falar de absolutamente tudo com propriedade: filosofia, parto de baleia, astrologia, atracação de navio, história, ovo frito, bolsa de valores, criação de bebês, etc. Foi quando resolvi fazer um teste. Como na época, estudava Tanatologia na Pós em Psicologia, resolvi tocar no assunto para conseguir falar algo de novo. Achava que sobre ISSO, ele não teria argumentos. Ledo engano! O menino gamou de vez!!!!!!! Achou que eu era a  mulher da sua vida. A mais linda. A mais inteligente. E eu ainda gostava de Roupa Nova (a única banda nacional que ele gostava). Pronto, a idealização da mulher perfeita.
Como a gente não manda no coração e a perfeição não existe, eu não me apaixonei por ele. Não trocamos um só beijo e essa estória não teve "o" final feliz. Mas aprendi que são nas situações mais improváveis que as coisas podem acontecer. Oh, yes!

domingo, 20 de maio de 2012

O Grito

Estavámos assistindo a um programa de TV em que as pessoas tentavam quebrar uma taça no grito, quando:

- Mamãe, eu vou gritar pra tentar.
- Mas grita baixo, tá?
- Mamãe, grito é alto!!!!


É nessas horas que mãe fica com a cara de tacho e se sentindo uma completa idiota, né?

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Fortaleza

Essa semana viajei a trabalho para Fortaleza e me surpreendi com o que vi. Não costumo postar as viagens de trabalho, mas gostei tanto que vale a pena compartilhar:



Cheguei por volta das 16h no Hotel Óasis Atlâtico, que fica na Av. Beira Mar. A localização é simplesmente perfeita: feira de artesanato em frente, restaurantes bacanas  dos lados, lojinhas, calçadão, gente e  muito movimento.


No banheiro, a cestinha de produtos vai além dos triviais shampoos, condicionadores, sabonetes, hidratantes e tocas de cabelo. Tem também bolinhas de algodão, cotonetes, lenços de papel e esponja para lustrar sapatos. Tocou meu coração. Amo pequenos mimos!!!


A vista da minha janela era essa. Pena que não pude aproveitar essa piscina no calor que fazia.


Desci e fui conhecer o que tinha por perto. A minha grande expectativa era  a feira de artesanato mas, como ela só abre às 17h, sentei na Yogoberry (minha nova paixão) e aproveitei a vista da orla. Me disseram que está maltratada...Não consigo imaginá-la bem cuidada. Assim já é maravilhosa!

  

Às 17h, a medida que as barracas iam montando, eu ia rodando. Rodei tanto pela feira que fiquei realmente tonta. Por lá se encontra artesanato local com imagens da terra...


 ...muita castanha, cachaça, doce e rapadura;


...santos, caminhos de mesa, artigos de bebê, bijuterias, roupas (estas de pouca qualidade), biquines, etc.

Achei o povo - como todo nordestino - bem simpático e receptivo e comprei vários artigos da feira. Adorei conhecer Fortaleza, mesmo que rapidamente, e espero voltar muito em breve.

Bj grande!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Cirque du Soleil - Varekai


Criada e dirigida por Dominic Champagne, a montagem representa uma misteriosa floresta no interior de um vulcão, onde tudo é possível.


 Varekai significa "onde quer que seja" e na linguagem cigana, os eternos viajantes.



O espetáculo inicia com a queda de um jovem solitário dos céus, no meio de uma floresta mágica, iniciando aí sua celebração de redescoberta da vida.


Ele édividido em 13 atos que são compostos de coreografias e acrobacias perfeitas.


Diferentemente do Quidam, que assisti em 2009 (Você pode ler  aqui), o Varekai é um espetáculo alegre, dinâmico e dá para levar criança. Meu filho de 05 anos ficou encantado e não dormiu um só momento das 2 hs de apresentação.
Os pontos negativos continuam nos preços explorados pelos serviços internos. O estacionamento agora custa R$ 30 e a pipoca grande, R$ 19.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Uau!

- É impressão minha ou você está diferente hoje?
- É o cabelo!
- E eu pensava que o perfeito não tinha como melhorar...

Será que estou me sentindo?

sábado, 5 de maio de 2012

Supermoon today

Foto retirada do www.G1.globo.com

Hoje acontece a supermoon: fenômeno que ocorre uma vez ao ano em que a lua se aproxima mais da terra.  De acordo com os astrofísicos, a lua vai estar 14% maior e 30% mais brilhante. O satélite vai oscilar em 221,802 milhas - 356,955 quilômetros – da Terra, oferecendo uma visão ampla do astro.
Que noite bacana para um ritual da lua cheia ou um momento romântico ao luar, hein?!
#Ficaadica

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Mulher de 30

Não sou contra o casamento, mas adoro a crônica A mais pura verdade, de Arnaldo Jabor:

A medida que envelheço e convivo com outras, valorizo mais ainda as mulheres que estão acima dos 30. Elas não se importam com o que você pensa, mas se dispõem de coração se você tiver a intenção de conversar. Se ela não quer assistir ao jogo de futebol na tv, não fica à sua volta resmungando, vai fazer alguma coisa que queira fazer...

E geralmente é alguma coisa bem mais interessante. Ela se conhece o suficiente para saber quem é, o que quer e quem quer. Elas não ficam com quem não confiam. Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem.

Você nunca precisa confessar seus pecados... elas sempre sabem... Ficam lindas quando usam batom vermelho. O mesmo não acontece com mulheres mais jovens... Mulheres mais velhas são diretas e honestas.

Elas te dirão na cara se você for um idiota, caso esteja agindo como um!

Você nunca precisa se preocupar onde se encaixa na vida dela. Basta agir como homem e o resto deixe que ela faça... Sim, nós admiramos as mulheres com mais de 30 anos! Infelizmente isto não é recíproco, pois para cada mulher com mais de 30 anos, estonteante, bonita, bem apanhada e sexy, existe um careca, pançudo em bermudões amarelos bancando o bobo para uma garota de 19 anos...

Senhoras, eu peço desculpas! Para todos os homens que dizem: "Porque comprar a vaca, se você pode beber o leite de graça?", aqui está a novidade para vocês: Hoje em dia 80% das mulheres são contra o casamento e sabem por quê?

"Porque as mulheres perceberam que não vale a pena comprar um porco inteiro só para ter uma lingüiça!". Nada mais justo!

terça-feira, 1 de maio de 2012

Treinando o TDN

E a Dinda falava que por enquanto estava apenas treinando para ter um filho, quando vem a pergunta:

- Dinda, você vai treinar o TDN para ter um bebê?

Obs. TDN é um exercício que ele faz de fonoterapia.

sábado, 28 de abril de 2012

Cérebro, cérebro meu!

O livro "Por que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?" faz uma descrição científica de como funciona os cérebros da mulher e do homem. E ao realizar o teste para identificar como funciona o meu, descobri (sem nenhuma surpresa) que ele é tipicamente masculino. Isso nada tem haver com falta de feminilidade, apenas tenho habilidade para coisas de ordem mais práticas e lógicas, trabalho com cronogramas de obra, números, troco lâmpadas, estaciono rápido em vagas horizontais e monto brinquedos com manuais complicados.
Por que estou falando isso? Porque depois que li o livro, hoje tive a experiência que constatou isso. Minha mãe comprou uma tampa para trocar a atual do vaso sanitário, mas a "danada" veio com tantas pecinhas e manual complicados, que nenhuma mulher da casa conseguiu colocá-la. Até que, na segunda tentativa, eu consegui.
O que ainda não descobri é se isso é algo bom ou ruim. Se souber, vc me diz?

Bj grande

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Mãe tem que saber explicar tudo

Hoje peguei meu pequeno na escolinha e contei que não iríamos ao shopping por que eu caí ao sair do trabalho, me machuquei e precisava cuidar do ferimento:
- Eu não sabia que Deus fazia isso com os pais.
- Isso o quê, amor?
- Deixar eles se machucarem.
- Mas isso não é culpa de Deus, não.
- Mas você não disse que Deus manda em tudo?
...

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Viva a literalidade infantil

Sempre me divirto ao observar a literalidade do meu pequeno e estes dias acabei me lembrando que também era assim (como toda criança).
Aos 7 anos estava aprendendo a separar as sílabas. Eu adorava fazer os exercícios escolares e não dava trabalho aos meus pais para estudar. Como de costume, chegava em casa correndo para fazer os deveres, que vinham em papel mimeografado com aquele cheirinho delicioso de álcool (se você é dos anos 80, sabe do que estou falando), para depois tomar banho e almoçar. Minha mãe sempre gostou muito de disciplina e quando podia, mudava a ordem dessa rotina que estabeleci, de modo que eu fizesse as coisas certas. Mas neste dia isso não aconteceu e lá fui eu. O exercício me pedia para recortar as sílabas e corri para pegar a tesoura. Cortei com cuidado cada palavrinha da questão achando essa, uma atividade bem fácil. Mas quando terminei de cortar, que decepção! Meu dever tinha sumido e eu não sabia o que fazer com aquelas sílabas soltas. Fiquei tão chateada que chorei uma tarde inteira. Como mãe é mãe, a minha ao chegar do trabalho colou todo o dever e depois transcreveu, para que eu finalmente pudesse separar as sílabas. Mas não parou por aí. Ela tinha também que explicar à professora porque o meu, era o único exercício diferente da sala...
Me lembro como hoje, eu toda cabisbaixa de um lado e a professora que mal me encarava do outro. Por que será? rs.

domingo, 22 de abril de 2012

Vem aí...

...um novo conceito em Centro de Beleza.


Aguardem!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Dia do beijo na sexta-feira 13

Adorei a ilustração do www.mulher30.com.br de hoje!
 

quinta-feira, 12 de abril de 2012

"Laranja madura na beira da estrada..."

Eis que num almoço comum de meio de semana, recebo quase um pedido de casamento por um homem que estava em uma mesa próxima a minha:

- Oi, achei você linda e acho que te conheço.
- É?!...Obrigada, mas acho que não...
- Você trabalha com o quê?
Toda sem jeito, respondo que com Engenharia e acabei aumentando a deixa.
- É? Eu sou arquiteto! Você é engenheira?
- Não. Sou administradora.
- Ah, mas também não seríamos da mesma época...
A essa altura todos no resturante acompanhavam a conversa com muita atenção e eu devia estar um pimentão, quando ele solta mais uma:
- Você já foi casada?
Ai meu Deus. Preciso ter minha vida exposta desse jeito?
- Sim (menti).
- E já se separou?
- Não (off course!)
- Que pena!!! Já ia pedir para entrar nessa fila.

Dei uma risada super sem-graça e ele teve senso de humor ao sair dizendo que só pelo sorriso a conversa já tinha valido e devia ter me divertido com ela . De fato, fiquei morta de vengonha na hora, mas me diverti agora relembrando a estória.


sábado, 7 de abril de 2012

Páscoa divertida

Este ano resolvi fazer arte para deixar a páscoa mais divertida pintando os famosos ovinhos de galinha. Para tanto, comprei tintas e avental (afinal sujar roupas faz bem mesmo em propaganda de sabão em pó).

Cozinhei meia duzia de ovos e começamos a pintá-los


Eu me diverti com a experiência. E ele, apesar da risada forçada, disse que adorou


No final, este foi o resultado. Percebemos que não e fácil este tipo de pintura, mas o que vale mesmo é a diversão e a cumplicidade que ela gera.


sexta-feira, 6 de abril de 2012

A Dama de Ferro


Finalmente consegui assistir A Dama de Ferro (que ainda está em cartaz no Cine Vivo do Shopping Paseo em Salvador) e achei que Maryl Streep mereceu todos os elogios pela sua atuação e caracterização perfeita.
O que constatei foi uma visão solitária e dura de Margareth Thatcher, que mostrou muitos motivos para ser odiada pela Inglaterra, tendo como único momento popular sua aclamação após a vitória na Guerra das Malvinas.
Sua vida politica realmente ficou em segundo plano e o que vemos é uma senhora doente e que tem alucinações com o marido morto há muitos anos. Aliás, como espiritualista, diria que ela é uma médium e tanto! rs.
Mesmo achando que a história ficou pincelada, gostei do filme. Ele nos faz entender porque ela é odiada por uns e amada por outros.

domingo, 1 de abril de 2012

Falo de mentiras saudáveis

Tem gente que espalha agressividade em nome da verdade e faz muito mais mal...

sábado, 31 de março de 2012

Ser Mulher


Depois de descobrir o site www.mulher30.com.br, penso que fomos separadas na maternidade.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Tava indo tão bem

Já falei que meu filhote tem veia de compositor? Pois é, ele gosta de transformar músicas e a última foi o "Abecedário da Xuxa", até que...

- Q de queijo;
- R de rato;
- S de sapo;
- T de tomate;
- U de uva;
- V de vida;
- X de café (!?!)

quinta-feira, 29 de março de 2012

Doida, eu?

Imagina...Só por que entro no meu blog algumas vezes ao dia na intenção de ler algo novo? Por que leio e releio os posts que eu mesma escrevo, dou risada sozinha e revivo situações que já passei?
Eu, hein!?! Claro que não!
Ou não???

Coisas que um homem não entende


Esse post de hoje é em homenagem a minha amiga Tati, que está um pouco nessa vibe. Bj e boa sorte!

terça-feira, 27 de março de 2012

Hoje estou meio assim...

Por causa de um diagnóstico (simples), uma preocupação boba e uma certa melancolia me acometem.
Mas quem nunca...?

Espetáculo Espírita

Para quem é espírita e gosta das obras de Zíbia Gasparetto (como eu), estará em cartaz este final de semana o espetáculo Ninguém é de Ninguém. A peça é baseada no livro de mesmo nome e aborda o ciúme com um toque de humor refinado a partir da história de dois casais. As relações entre eles prometem nos fazer refletir sobre o falso e o verdadeiro amor e perceber que a vida afetiva é um constante exercício de autodomínio.

Local: Teatro Sesc Casa do Comércio
Dias: 30 e 31/03 às 21 horas e domingo 1/04 às 19 horas
Valor: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).
Mais informações, 3273-8543.

terça-feira, 20 de março de 2012

Fhubá



Os "meninos" do Roda a Baiana (Programa Cultural divertidíssimo da Rádio Metrópole) lançaram essa semana o FHUBÁ - Festival de Humor da Bahia, que será uma virada cultural de 24h.
O evento acontecerá nos dias 31 de março e 1º de abril com atividades no Foyer, Sala Principal, Vão livre e Sala do Coro do complexo do teatro.
Na Sala Principal, entre os destaques “Los Catedrásticos”, Grupo PIM (Infantil), Luis Miranda e Renato Piaba.
Na Sala do Coro, debates sobre o papel do humor na vida das pessoas e o humor baiano.
No Vão Livre e no Foyer, bailes e improviso darão o tom vibrante do evento.

Terá atividades com incrições gratuitas e peças de até R$ 30 (inteira).
Mais informações: http://www.fhuba.com.br

Claro que eu não vou perder!

sábado, 17 de março de 2012

Sem perder a ternura jamais



Há 10 trabalho em empresas de Gás e Energia, onde o ambiente costuma ser tipicamente masculinizado. As pessoas (homens e mulheres) têm o pensamento mais cartesiano, lógico e prático e não há espaço para demonstrações de fraquezas e grandes sensibilidades.
No início foi difícil provar (inclusive para mim) que uma Administradora jovem, com um rosto  bonitinho, cabelos loiros, maquiada e de saltos altos poderia ser competente e fazer o trabalho que antes só era feito por Engenheiros. Por este motivo, a frase de Che Guevara representa tão bem o que estou querendo dizer.
Tive que me adaptar à este cenário muito cedo e ainda hoje oscilo entre a fragilidade e a dureza, entre a sensibilidade e a razão e espero não estar perdendo a ternura em meio a tudo isso.
Um beijo grande!

segunda-feira, 12 de março de 2012

Dica cultural a preço justo


Velha é a Mãe  retrata uma mulher com 70 anos que passa horas na academia, se submete a algumas plásticas, natação, aulas de boxe e aplicações de botox para manter a aparência de 20 anos menos. 
Com Louise Cardoso, está em cartaz no Teatro Jorge Amado nos dias 16/03, 17/03 às 21h e 18/03 às 20h.
Valor: R$ 20.
#Ficaadica

Bem vinda(o)!

Criei o blog com o intuito de tratar de uma infinidade de assuntos que vão desde a rotina de mãe, mulher, profissional e estudante à modelos de lingeries, marcar de perfumes e moda, perpassando sempre (claro) pelos nossos queridos e às vezes odiados homens. Ah! Certamente eles serão assunto garantido aqui.
Será um prazer compartilhar desses temas com você.
Entre e fique à vontade!